Fazer aquilo que esperam de nós ou seguir o coração?

A Paz reina no Mundo!

Amados,

Muitas vezes seguir nossa intuição nos levará a tomar decisões e a fazer escolhas contrárias aos padrões da sociedade, ou ao que aprendemos ser o correto a se fazer.
Perceba que quando você faz algo contrário à sua verdadeira vontade e aos desígnios do seu coração, um grande conflito interno surge.
Emoções controversas vêm à tona, como raiva, revolta, indignação. De você para com a situação. Mas, principalmente, de você para com você mesmo.

Por outro lado, quando tem coragem de honrar o que sabe ser certo para você, perceberá que esta nova atitude também poderá apresentar um grande caos interno num primeiro momento.

Porque você está acostumado a atender às expectativas dos outros, a “fazer aquilo que tem que ser feito”. Simplesmente pela necessidade de se sentir amado, querido, valorizado, estimado. E quando seu movimento vai na contra-mão do que acredita esperarem que você faça, do que a sociedade considera “o certo a se fazer”, você quebra um elo com o status quo.
E esta quebra pode ser bem dolorosa a princípio.

Perceba que, em ambos os casos, a Paz sai de cena da sua vida no momento da sua ação.

A diferença entre fazer “aquilo que é certo para você” e fazer “o que acha que esperam que você faça”, é que no primeiro caso, ainda que leve algum tempo, a paz de espírito virá. Já no segundo, você ficará remoendo ressentimentos por ter feito algo contra a sua vontade, e ainda assim não ser reconhecido ou (mais) amado por conta disso.

Porque tudo aquilo que você procura fora, só pode ser encontrado dentro. Tudo aquilo que espera receber de fora, é você quem tem que se dar.
Assim, o caminho mais curto para você se sentir em Paz, é fazer aquilo que é certo e justo PARA VOCÊ. Mesmo que, à primeira vista, você se sinta um tanto quanto egoísta ou frio, insensível, injusto para com os outros.

Fazer algo para atender às expectativas do outro é atender à voz do Ego.
Ter coragem de assumir suas vontades, e tomar decisões em consonância com sua verdade, consciente de que o preço pode ser alto e você precisará se amar, honrar e validar suas decisões, é dar voz à sua Essência.

A Paz começa dentro de você, e é cultivada em cada uma das sua ações. Minuto a minuto, dia a dia.
Hoje, observe se suas ações estão trazendo paz, antes de qualquer coisa, à sua própria consciência.
Este é o critério a ser seguido para que juntos, possamos dizer:
A Paz Reina no Mundo!

Ana
por e para Eu Sou Você Amanhã



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *